* HIDDEN_ACCESSIBILITY_TITLE *

DIA MUNDIAL DO BACKUP: COMO PROTEGER OS DADOS NA ERA "SMART"?

31 Março 2020, Lisboa, Portugal – O que seria de si e da sua organização se perdesse todos os seus documentos, emails, contactos de clientes e informação confidencial? Casos de perda ou roubo de informação são mais frequentes do que se possa pensar! Terça-feira, dia 31 de março, celebra-se o Dia Mundial do Backup, e mais do que nunca a dynabook quer celebrar esta data e reforçar a importância da segurança em TI e a necessidade de proteção da informação online.

As empresas, em particular, não podem negligenciar a sua estratégia e políticas de segurança e de backup, pois a perda de informação confidencial e sensível pode comprometer a produtividade e gerar elevadas perdas. Por isso, é importante minimizar o risco, especialmente no cenário atual onde os ciberataques estão a aumentar exponencialmente e o conceito de trabalho inteligente e a partir de casa está na ordem do dia.

A dynabook está na linha da frente na defesa dos interesses dos seus utilizadores quer estejam a adotar uma abordagem de “segurança à medida” através da disponibilização de soluções integradas como o dynabook Mobile Zero Client (DMZC), ou na adoção da inovadora solução cloud que disponibiliza os conteúdos através de uma infraestrutura de desktops virtual, oferecendo sempre o mais elevado nível de segurança, mobilidade e gestão de informação e parque informático.


Ciberataques cada vez mais focados no roubo de dados

O número de ciberataques efetuados contra empresas e grandes organizações tem vindo a crescer de forma exponencial, com novas e emergentes ameaças que, segundo dados do observatório do Instituto Politécnico de Milão, em 83% dos casos o primeiro objetivo dos ataques são efetuados através de esquemas maliciosos como phishing para comprometer o email profissional e obter informação empresarial. Os principais alvos são as contas de e-mail (91%) e contas de redes sociais (68%), seguido por portais de comércio eletrónico (57%) e websites (52%). Espera-se que nos próximos três anos, os hackers foquem-se em ataques a dispositivos móveis (57%) para explorar as vulnerabilidades do trabalho remoto e do aumento da mobilidade profissional na era digital.

Esta rápida evolução de métodos de trabalho e de ataques torna ainda mais complicado para as empresas portuguesas adaptarem as suas estratégias e ferramentas de trabalho para combater e prevenir riscos. Para proteger os dados e redes de hackers, os decisores de TI deverão aumentar os seus investimentos em infraestruturas de segurança inovadoras, como sejam de Segurança Cloud e proteção IoT.

Adicionalmente, o fator humano é outro vetor de vulnerabilidade e a primeira linha de defesa do negócio, que entre a distração e falta de conhecimento dos empregados, sistemas de TI heterogéneos ou obsoletos e falta de atualização regular dos softwares, devem ser tidos em conta. As empresas deverão implementar uma política clara, concreta e contínua de formação em segurança para minimizar riscos.


Confiar na Cloud sem sacrificar a segurança

A dynabook desenvolve soluções de negócio que garantem o mais elevado nível de segurança de TI. O dynabook Mobile Zero Client (DMZC) é uma solução cloud para desktops virtuais que oferece a mais lata proteção para toda a rede bem como para os empregados e dispositivos individuais. Toda a informação é guardada e gerida centralmente na cloud ou servidor e partilhada digitalmente: não é mais preciso estar guardada no disco rígido do computador local, eliminando assim um potencial vetor de ataque para os hackers. O DMZC suporta as principais soluções VDI, como Citrix e VMWare, simplificando a instalação e integração nas infraestruturas de TI existentes.

Esta solução oferece muitas vantagens, como seja custos reduzidos de instalação, aumento de segurança e elevado retorno do investimento, mas principalmente oferece proteção contra roubo de informação: sem drives de armazenamento internas ou suporte para drive USB, os hackers vêm reduzidas as suas capacidades de introdução de malware. A autenticação do controlo de arranque também permite desligar drives perdidas ou roubadas. Finalmente, com uma BIOS proprietária e um interface UEFI, a dynabook tem o conhecimento para criar firmware seguro para a sua solução DMZC e reduzir as funcionalidades dos dispositivos de modo a reduzir os riscos de segurança e permitir aos profissionais trabalharem onde quer que estejam de forma remota sem violar qualquer política corporativa de gestão de informação.

"Para as empresas, os backups regulares já não é um procedimento suficiente. Especialmente agora, com a adoção de um estilo de trabalho inteligente e onde a cibercriminalidade está a crescer de forma constante, as organizações têm de segurar os seus ativos, empregados e stakeholders. É por isso que não podem passar sem adotar uma solução Zero Client”, comenta Luis Polo, Sales Manager para Portugal e Espanha da dynabook.


-FIM-


Contactos Media

Para mais informações especificas ou imagens de imprensa, contacte:
Fernando Batista, Fernando Batista, Tábua Digital
fernando.batista@doiton.agency / +351 913 874 133
Luis Polo, Dynabook Portugal
luis.polo@dynabook.com


Aceda Online

Visite o nosso website para obter detalhes sobre os últimos produtos e suas especificações e visite também o nosso blog para informação adicional. Pode também, conectar-se com a Dynabook através dos nossos canais de social media - LinkedIn e Twitter.


Sobre a Dynabook Inc.

Durante mais de 30 anos, os computadores e a tecnologia da Toshiba têm definido o padrão para inovação, qualidade e confiança. Atualmente adquirido maioritariamente pela Sharp Corporation, a Dynabook Inc. continua essa tradição ao entregar valores e serviços que apoiam os nossos parceiros e clientes a alcançar as suas metas.

Para mais informações, visite: https://pt.dynabook.com.
Publicado: 31 mar 2020